21 3553 1772

LIGUE PRA GENTE

cast

Julio Cezar

“O baixo me escolheu”

Foi por intermédio da mãe, por volta dos sete, oito anos de idade, que Júlio Cezar, baixista da banda Catedral, começou seu interesse pela música estudando piano clássico. Com referências muito voltadas para o jazz, Júlio também tem no rock e no pop as suas influências principais, como Slam Stewart, Charles Mingus, Ron Carter, Eddie Gomes, Dave Holland, Stanley Clarke, Jaco Pastorius, Brian Bromberg, Geddy Lee, Billy Sheehan, Arthur Maia, Nico Assumpção, entre outros.

Segundo o músico, o baixo virou sua grande paixão quando ele e os irmãos – Kim (vocalista do Catedral) e Cezar (guitarrista da banda falecido em 2003) – montaram uma banda e o cachê de um dos poucos shows que essa banda teve foram justamente uma guitarra e um baixo. “Quando peguei no baixo pela primeira vez para tocar foi que eu percebi que não fui eu que havia escolhido o baixo, e sim ele quem havia me escolhido. Depois de mais ou menos uns três a quatro meses eu estava gravando com eles o primeiro LP da banda Catedral e assim me tornando um profissional da música, foi tudo muito rápido e sem nenhuma dificuldade. Sempre pareceu que tocar o baixo era uma extensão natural das coisas que eu faço normalmente”, recorda.

Paralelo à  banda, ele lançou o CD Duo Project, em parceria com o irmão Cezar, por volta de 1998. “Fazí­amos algumas músicas que não eram do estilo do Catedral, e aí­ decidimos gravá-las para que as tivéssemos sempre. A receptividade foi excelente, a produção foi minha e do meu irmão, nos divertimos muito fazendo esse trabalho”, declara Júlio, que, ao lado do irmão, tamém fundou a JCM School Of Music, que chegou a ser referência no ensino de música até decidir fechar o local após a morte do guitarrista em um acidente de carro.

Oito anos após a perda de Cezar, o baixista lançou o CD O último Duo, que mostrou um pouco do seu flerte com o jazz tocando contrabaixo acústico e regravando Tune Up, do grande Miles Davis. “Foi um prazer terminar de gravar esse CD e poder usar as guitarras guias do meu irmão. Quem é músico sabe o quanto é difí­cil ficar sem tocar e por isso, volta e meia você acaba compondo alguma coisa nova e pretendo dar sequência nesse tipo de trabalho”.

Usando baixos Mendes Luthieria, um Fusion de sete cordas e um Groovemaker de quatro cordas, cabos da Mac Cabos e capas da Hard Bag Personalizados em suas apresentações, Júlio também se aventura como produtor e já assinou os discos solos de Kim, além dos CDs dos cantores Martin Lutero e Joel Mendes e o projeto Mais que Amigos = Irmãos, que uniu Catedral e Novo Som no mesmo palco e foi lançado pela Mess Entretenimento.

E é pela atual gravadora, por onde o Catedral lança seu último trabalho, que Júlio Cezar apresenta o CD Only for You, gravado em dois meses e é um trabalho onde ele fez questão de tocar todos os instrumentos na produção que possui dez faixas com um estilo bem ecústico, passando pela world music e pelo funk, trazendo também uma certa homenagem aos fãs da banda Catedral com as já conhecidas Amor Verdadeiro e Tudo vem de Você em versão instrumental.

Antes mesmo do lançamento, Only for You alcançou bastante expectativa já pela escolha da capa, que foi definida pelo público e chegou a gerar mais de 500 comentários na página oficial do músico no Facebook. Cada novo projeto, eu faço pra cada pessoa que curte o meu trabalho. Tenho o baixo (meu instrumento) como uma extensão de mim e, a cada dia que passo com ele, me sinto mais à vontade de testar novas possibilidades e de expressar a arte que abita em mim através dele e esse CD é um pouco disso”.

Título da notícia

ONLY FOR YOU

2015

Contatos:

21 35531772
vanessa.bicalho@messentretenimento.com

Outros Artistas

ver todos
...

Catedral

saiba mais

...

Julio Cezar

saiba mais

...

Tonzão

saiba mais

...

Novo Som

saiba mais

...

Catedral e Novo Som

saiba mais

...

Perlla

saiba mais